Entre para seguir isso  
arai

Motorização do farol de Ford Ka G2

1 post neste tópico

AGRADECIMENTOS
A Deus e ao Frances - do Canal UpCar Tutoriais e do Grupo Retrofit Brasil no Facebook - pelas ajudas técnicas imprescindíveis à conclusão do trabalho.

INÍCIO
Como sabemos, os faróis dianteiros de Ford Ka de 1ª geração (conhecido como Old Ka, já que a 2ª G foi denominada Novo Ka) tinham motores elétricos no seu projeto original para compensar altura do facho de iluminação, que se altera com mais pessoas ou peso no porta-malas.

Muitas pessoas importavam esses motores e o botão de controle, ativando essa comodidade tão útil para não ofuscar outros motoristas. Isso era possível porque os faróis já estavam preparados (inclusive no Brasil).

No entanto, essa facilidade foi eliminada nos faróis de Ka da 2ª geração (Novo Ka) – pelo menos aqui no Brasil, não sei como é na Europa -.

Adquiri recentemente par de faróis com projetores já montados para Ka em que a carcaça veio meia “zuada”. Resolvi trocar a mesma por uma comprada no Mercado Livre. E o Frances deu a ideia de motorizar o farol.

Ele já tinha feito essa adaptação em faróis de Astra e Celta, já que a carcaça está preparada para receber motor de regulagem de altura do facho luminoso. E segundo ele, teoricamente a adaptação é possível em faróis sem essa predisposição. Após analisar pelas fotos disse ser possível sim, de motorizar farol do Novo Ka.

COMO FUNCIONA
Basicamente, um refletor (conhecida também por parábola) dum farol tem 3 pinos de fixação: um para ajuste horizontal (para esquerda e direita) do facho de iluminação; outro de ajuste vertical (para cima e baixo); e o terceiro que fixa o próprio refletor à carcaça do farol.

O motor de ajuste será usado no lugar desse terceiro suporte (existem alguns faróis em que o motor atua no próprio pino de ajuste vertical). Como esse suporte fica na parte superior do refletor, o facho desce ou sobe conforme o pino do motor se move para frente ou para trás.

Então, o que temos de fazer é localizar onde fica essa terceira fixação do refletor. No caso do farol do Novo Ka é essa protuberância (onde estou marcando o diâmetro do furo a ser feito).

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_4.jpg

O ideal é ter Dremel (micro retífica) e soprador térmico quando for fazer esse tipo de trabalho (veremos o porquê mais adiante).

SERVIÇO
Bom, vamos ao que serve. São necessários itens abaixo:
- Par de faróis (abertos de preferência – com ou sem projetores -)
- 2 motores elétricos próprios para regulagem de altura (usei do Up, gentilmente cedidos pelo Frances)
- Dremel (ideal)
- Serra copo (ideal)
- Soprador térmico (ideal)
- Ferro de soldar (alternativo ao dremel)
- Canivete
- Estilete
- Alicate de corte
- Alicate universal
- Cola de silicone preta/transparente
- Marcador (caneta para CD/DVD)
- Água e detergente em recipiente pequeno (usei tampa do WD40) para dar acabamento à cola de silicone
- Papel toalha / pano para limpeza geral

1 – Fazer o furo de acordo com diâmetro do motor depois de marcar o local. O ideal é usar uma serra copo (em torno de 20~21mm, uma vez que o motor tem cerca de 22mm de diâmetro). Tive que usar ferro de soldar na falta de serra copo e fazer o acabamento com canivete/estilete.

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_1.jpg

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_6.jpg

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_7.jpg

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_8.jpg

 

2 – Aqui é que entra a história do soprador térmico. Observe que existe uma “rampinha” à direita do furo nessas fotos, quando deveria ser “plana” para poder encaixar e fixar o corpo do motor.

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_13.jpg

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_14.jpg

Penso que um soprador térmico ajudaria a não fazer esse “estrago” e fixaria melhor o motor. Isso aí foi inevitável para acomodar o corpo do motor devido à “rampinha” do lado esquerdo (Hoje em dia faria diferente, mantendo o furo para motor sem recorte [que afetou o correto encaixe]).

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_25.jpg

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_20.jpg

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_21.jpg

 

3 – Devido ao mencionado acima (não ter área plana para colocação), o motor apesar de encaixado no lugar, não fica bem preso. Ainda há o inconveniente de entrada de sujeira e água por causa dos recortes.

A ponta do motor foi encaixada no terceiro ponto de suporte do refletor, e o motor colado à carcaça usando silicone em toda sua volta, eliminando qualquer abertura e motor fixo à carcaça.

Montando_Motor_na_Carcaca_Antiga_24.jpg

Com_Motores_Montados_5.jpg

Com_Motores_Montados_1.jpg


 

BOTÃO
Bom, o farol em si está motorizado, mas ainda precisa de controle para esse motor. Para isso usei um “botão” de outro carro, já que o Ka 2G não dispõe originalmente dessa peça.

No caso usei um botão oriundo de um Peugeot 307 (creio que sirva em mais modelos, pois muitos compartilham de mesmas peças dentro de uma montadora) comprado no Mercado Livre (custou 20,00 + frete).

Botao_4.jpg

Obs. Na realidade paguei 20 + 20 + frete, porque comprei também o conector desse botão com o mesmo vendedor. Foi uma opção minha pela facilidade em prover fiação necessária.

Acabei optando por esse por causa do preço, mas como poderão verificar mais à frente, esse botão é um pouco “avantajado” para onde optei colocar. Tanto é que coloquei provisoriamente para não ficar solto no carro. Estou estudando para ver se tem como colocar na moldura do painel de instrumentos (lembram dos botões “satélites” do Gol quadrado?).

Esse botão tem 6 posições (de 0 a 5) dando opções variadas.


ONDE COLOCAR
Bom, acho que isso vai da opção de cada um, onde for mais conveniente e que seja fácil de montar e manusear.

Optei por colocar no porta-treco que fica na parte inferior esquerdo do tabelier.

Onde_Colocar_5.jpg


MOLDURA
Uma vez definido o local, se faz necessária alguma forma de fixação. E para isso decidi criar uma moldura. A princípio seria em plástico. Procurei no meu funileiro por algum pedaço de plástico rígido, mas não tinha na ocasião e me deu ideia de fazer em folha de alumínio.

Até tentei fazer com plásticos rígidos de potes, mas “explodem” ao tentar encaixar o botão por não ser plástico de engenharia (ABS).

MOLDE
Confeccionei molde em papel antes.

Preparando_Molde_5.jpg


Recortei e dobrei a chapa de alumínio e encaixei o botão.

Montando_Suporte_1.jpg


COLOCAÇÃO DO BOTÃO
Botão já no lugar. Tive que usar silicone para fixar melhor na moldura (poderia ter usado por dentro, enfim…). A ideia é cobrir com algum tipo de couro sintético na parte metálica (ou pintar).

Montando_Suporte_5.jpg



CONECTORES
Agora precisamos interligar esse botão aos motores que estão nos faróis. Já temos conector no botão, mas falta ainda nos motores.

Para isso comprei conector ISO universal numa loja de auto-peças (acho que foi uns 10,00) e separei em duas partes com 3 pinos fêmeas. Aqui o ideal, novamente, é ter uma ferramenta adequada para esse tipo de serviço: um dremel. Na falta tive que fazer com ferro de soldar outra vez e o serviço não ficou muito apresentável, mas que cumpriu perfeitamente o objetivo.

Conector_do_Motor_1.jpg



TESTE
Montei essa “gambiarra” aí só para poder testar os motores no carro. Motores e botão OK!

Conector_do_Motor_11.jpg


 

FIAÇÃO
Agora está na hora de passar os fios do botão até os motores.
Para fiação:
- 5 fios de 1mm de cores variadas com 5m de comprimento (na realidade acabei usando só 4)
- 5m de espaguete corrugado de 7,5mm (pode ser de 10mm)
- Chave Torx
- Chave em L de 10mm
- Chave soquete de 8mm
- Alicate de corte lateral
- Canivete
- Fita isolante
- Abraçadeiras Hellermann (enforca-gato)
- Silicone

Materiais_1.jpg

A parte chata é ter que desmontar o para choque para ter um trabalho apresentável. Não descreverei em detalhes como se faz isso, pois não é o objetivo/foco desse tutorial (Baixem esse tutorial de colocação de farol de milha original e referencie por ele).

Basicamente:
1 - Esterça-se o volante para um lado e solta a parte dianteira do para barro interno com chave Torx;

Montagem_2.jpg

2 - Soltar os tres parafusos que prendem o para choque por dentro do para lama usando chave L;

DSC06750-1.jpg

3 – Repetir 1~3 do outro lado;
4 - Soltar os 4 parafusos que prendem o conjunto grade/para choque ao cofre do motor;
5 – Puxar para frente tomando cuidado para não arranhar acidentalmente. Deixe num local limpo e liso.

Alguns dos parafusos Torx (tem que remover 5)

Montagem_2.jpg

Para choque removido

Montagem_3.jpg


 

MONTAGEM e PASSAGEM do CHICOTE
O chicote foi montado conforme ia sendo fixado o conduíte corrugado. O processo foi iniciado pelo farol do lado de passageiro. Passar pela frente do radiador, acessar o farol do lado do motorista e entrar na cabine pela parede corta-fogo.

Aqui foi usado 3 fios, pois cada motor necessita 2 para alimentação (+ e -) e 1 para controle

Passar o conduíte pela frente do radiador junto com fios e prender com abraçadeiras

Montagem_8.jpg
 

Derivações para o farol do lado do motorista

Montagem_7.jpg


Acabamento do local de derivação. Apesar de não aparecer, a partir desse ponto foi usado mais 1 fio como predisposição para futura instalação de farol de neblina (na realidade deveria ter sido passado desde outra ponta [lado do passageiro])

Montagem_10.jpg
 


Passar o chicote acompanhando o já existente até chegar ao reservatório de expansão da água de radiador. Soltar o parafuso que prende o reservatório e puxar para esquerda do seu suporte. O chicote será passado pelo mesmo “tampão” de borracha de onde sai o chicote principal. Limpar bem a borracha e fazer um corte em “X” usando um canivete

Montagem_11.jpg

Montagem_13.jpg

 

Fixar e isolar da eventual umidade com silicone
Montagem_14.jpg

Desmontar a moldura do painel de instrumentos e o acabamento em volta da coluna de direção para facilitar a passagem do chicote.

A ideia original era furar o fundo do porta-treco e passar os fio do botão. Mas deixei passando pela frente provisoriamente, porque pretendo usar um botão menor na moldura do painel.

Montagem_17.jpg

 

 


 

CONSIDERAÇÕES FINAIS
1 – Por alguma razão que ainda não tive tempo de verificar, o motor do lado esquerdo (lado do motorista) “enrosca” quando tenta baixar o foco;

2 – Pode ser que esse enrosco tenha se originado por fixação do motor não ser muito preciso como poderá ser observado em SERVIÇO-2, onde o furo para colocação do motor teve que ser parcialmente aberto para poder acomodar o motor no local;

3 – Analisando agora, percebo que poderia ter feito diferente, rebaixando a parte onde fica o furo e mantendo o mesmo inteiro. Não sei se um soprador teria ajudado a fazer isso;

4 – A qualidade das lâmpadas e, principalmente dos reatores, influenciam na qualidade de iluminação. De início foram usadas lâmpadas de 6000°K e reatores genéricos (ambos de 55W) e posteriormente substituídos pelos da marca K2on de 35W. O uso de reatores mais baratos criam instabilidades como flickng, alteração de cor (puxa mais para azul geralmente), vida curta (da lâmpada e do reator), etc.;

5 – A solução ficou meio Frankstein com peças de outras montadoras/modelos, mas está funcionando tirando o problema do enrosco do motor do lado esquerdo.

Por fim, me coloco à inteira disposição para eventuais dúvidas pelo Fórum.


Fonte: Clube do Novo Ka - membro "arai"

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

Entre para seguir isso